Jovem autora usa celular para escrever livro de suspense

Enquanto se preparava para o vestibular de medicina a estudante Rafaela Soares, 19 anos, resolveu separar parte do tempo para escrever uma história policial que havia imaginado. Já está finalizando o segundo livro e com ideias para mais dois.

Aos 19 anos, Rafaela Soares está no primeiro ano da Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase) e já prepara o lançamento de seu segundo romance. Catarinense de Joinville, ela escreveu a maior parte do policial “Sob a Roseira”, da série “As Irmãs” (Young Editorial), no celular, enquanto se preparava para o vestibular. Hoje, morando em Petrópolis, revisa o novo texto que criou, mais romântico, em um notebook. Depois, R. Soares, como assina as publicações, vai fazer o segundo título da série, em 2017. Ela tem ainda ideia para um quarto livro.

“Acredito que organizar o tempo para conciliar as atividades é questão de saber identificar prioridades. A escrita se tornou parte de minha vida e é algo que me faz feliz, não consigo abrir mão. É como uma válvula de escape para os momentos de estresse. Não encaro como tempo perdido, porque melhora minha qualidade de vida. E acho que se muitos estudantes fizessem atividades como essa, ou qualquer coisa que os deixasse mais felizes e não estivesse relacionada à faculdade, os níveis de depressão e estresse seriam menores”, receita a futura médica.

Rafaela conta que começou a escrever o primeiro livro ano passado, depois de sonhar com uma cena que está no capítulo 5. A história parte de uma indagação: ''Até que ponto você iria para salvar quem ama?''. Quando chegou à página 60, decidiu apagar tudo e recomeçar, organizando o texto em capítulos.

“No capítulo 14, decidi contar para os meus pais sobre o livro. Até então somente a minha irmã gêmea sabia, pois eu não queria mostrar a obra sem ter certeza de que iria continuar até o fim. E, nesse ponto, consegui ter certeza de que amara escrever e não iria desistir. Por coincidência, estava no Rio para prestar o vestibular da FMP, quando contei a eles, recebendo todo o apoio possível”, conta ela, que é filha de pais médicos.

Depois das negociações com uma editora, Rafaela lançou o livro na Bienal Internacional do Livro em São Paulo, em agosto, e em Joinville, em outubro. “Sob a Roseira” tem como cenário a Espanha, mostrando duas irmãs, Ana e Maria Solário, que entram para o tráfico de drogas para poder bancar o tratamento da mãe, que tem Alzheimer. São 256 páginas de suspense, divididas em 20 capítulos.

“Enquanto que no volume 1, a voz de Maria Solário prepondera na narrativa, o outro livro vai ser narrado principalmente por Ana”, adianta a autora. O livro está à venda no site da editora.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2015 por Bruna Rocha. Orgulhosamente criado com Wix.com