O Brasil de Cora Coralina ressurge em Maria Valéria Rezende

Imagine uma mulher que, aos 59 anos, lança seu primeiro livro, povoado de “beatas, sonhadores e cabras-machos”, viventes do semiárido brasileiro. Quatorze anos e alguns livros depois, ela ganha o Prêmio Jabuti de melhor romance do ano, desbancando Chico Buarque e Cristóvão Tezza. Para completar ela é freira há mais de cinquenta anos, viajou pelo mundo como missionária ajudando comunidades carentes e escreve sobre um tema fora da moda: a pobreza e a vida dos sem-nada: sem-terra, sem-teto, sem-perspectivas. Aos 75 anos, Maria Valéria Rezende voltou a surpreender em 2017, ao ter um segundo romance, Outros cantos, entre os três finalistas do principal prêmio de literatura do País. Em 16 anos de

Precisamos conversar sobre Marielle

É preciso escrever sobre Marielle Franco. Ainda que a vida continue, ou que nesse exato momento outras mulheres e outros homens estejam sofrendo com a violência urbana ou rural que paralisam o País, é preciso falar sobre a execução de Marielle. Sabemos que mais de 50 mil pessoas perderam a vida no ano passado, por tiro, facada ou de forma pior. E que milhares de crianças sofrem violência, em casa ou nas ruas. E que também o nosso trânsito vai atropelar, matar ou amputar outros milhares de vítimas nos próximos meses. Sabemos tudo isso, mas, nesse momento, é preciso chorar por Marielle. Manifestantes protestam em Brasília contra o assassinato de Marielle (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Guia ensina novos autores a escrever melhor

Algumas dicas são valiosas para quem está começando a enveredar pelos caminhos da literatura. Para ajudar novos autores a construir melhores textos, o blog da plataforma de autopublicação Bibliomundi lançou o Guia Completo para Escrever Melhor. O material é composto por sete orientações que levam em consideração a forma do texto em primeiro lugar. O blog veicula um artigo por semana com temas relevantes para autores que já usam ou pretendem começar a usar plataformas de autopublicação, principalmente os menos experientes. "Esperamos incentivar nossos autores e futuros adeptos da tecnologia a ampliar seus horizontes sobre a arte de escrever e o mercado de livros digitais”, diz Raphael Secchin

Procurar por tags
Arquivo

© 2015 por Bruna Rocha. Orgulhosamente criado com Wix.com